jueves, 9 de junio de 2011

Gravity


Uma força me impede de fazer

talvez nada me impeça

apenas não quero

denomino algo externo

com a ilusão de me sentir mais confortada

O não fazer é fazer também

É outro caminho

É aquele que renega o deve

para ser o sinto

Sem conseguir sentir muito

sinto quase nada

que já é tanto quanto

aquela coisa que se deseja

No dilema interno

espero que o tempo pare

que algo aconteça

e me faça fazer

sem perceber

enquanto vou sendo

Não tenho mais tempo para o esforço

que todo trabalho,

qualquer ação

não nasça da força, interna ou externa

sim do (im) pulsar

9 comentarios:

Djabal dijo...
Este comentario ha sido eliminado por el autor.
Djabal dijo...

No meu peito as tricolores
Flores dizem: o coração
Nasce livre de senhores
E tem ódio à escravidão.

Minha Imperatriz Maria,
És a quarta, então te alerto:
Uma que antes me regia
Rápido perdeu o cetro. (Heine)

Assim são os poetas, não toleram a servidão. E cantam métricos à liberdade e ao pulsar da vontade. Parabéns e obrigadinho. Besos.

Djabal dijo...

No meu peito as tricolores
Flores dizem: o coração
Nasce livre de senhores
E tem ódio à escravidão.

Minha Imperatriz Maria,
És a quarta, então te alerto:
Uma que antes me regia
Rápido perdeu o cetro. (Heine)

Assim são os poetas, não toleram a servidão. E cantam métricos à liberdade e ao pulsar da vontade. Parabéns e obrigadinho. Besos.

Raquel dijo...

Djabal querídissimo!

Você consegue me emocionar :D
É incrível! Perfeitas palavras para esse meu exato momento.

Besitosss muchosss

Lau Milesi dijo...

Quel querida, não faça... faça quando der vontade . :) Parece tão simples...mas não é.
Se os objetos (desejos) forem muito "leves" (pouca massa), a gente nem sente a atração que um faz sobre o outro, embora ela exista.So...Força forte X Força fraca= Gravity
Caraca, viajei. Saudade de você... Amei seu comentário e sua visita, por ocasião da minha despedida (férias).
Voltei... Estou com saudades de você também.

Besos , minha linda amiga.

Salete Cardozo Cochinsky dijo...

Olá Quel
Tudo vem, ou vai, depende de como deixamos que isso nos tome.
Fomos lançados ao mundo, não fosse o desejo de viver e realizar para ser amada(o) ou reconhecido não sentiríamos nem o nada, nem a força, tão pouco a fraqueza, diante de tanta demanda de ser.
Beijso

Raquel dijo...

Lau linda!

Saudades tantas de vc, de nossas conversar, de suas visitas. Espero que a força da gravidade nos atraia para colocarmos o papo em dia e o carinho renovar.

Besosss

Raquel dijo...
Este comentario ha sido eliminado por el autor.
Raquel dijo...

E isso ai Saletita, e haja demanda para tanto ser, ou haja ser para tanta demanda de sentidos, desejos, forças....

Besitossss